Nota

O poeta ou o crítico?

Sem exagero, podemos entender que no primeiro encontro de nosso 3º Ciclo de Críticas participamos de um momento histórico de nossa literatura, com a palestra de Carlos Felipe Moisés.

A gênese:  O enjambement do poeta

Foi corajoso, não teve o pudor em se mostrar. Começou de sua gênese, sua alfabetização poética, seus primeiros passos na compreensão desse universo.

O que poderia parecer uma mera revisão ingênua de sua trajetória acaba por  um resgaste consciente, sem exageros, da importância do poeta Mario de Andrade. Com  inteligência demonstrou o alcance da  obra desse poeta, pontuando os elementos dialéticos que o influenciaram:  “ter lido a Paulicéia desvairada foi minha carta de alforria: aprendi que o verso pode ter a medida determinada internamente pelo fluxo das emoções da própria ideia. O Verso pode coincidir com as unidades sintáticas; mas, se o poeta quiser, ele quebra o verso no meio: enjambement”

Entre o Poeta e o Crítico

O centro inicial de sua abordagem foi a obsessiva busca da dicotomia entre o poeta e o crítico. Encontra sua  voz, não no crítico, nem no poeta, mas no homem poético que dedicou – e dedica – sua vida à carpintaria das palavras:

“… me dei conta que o crítico não é levado muito a sério pelo poeta (…). O poeta sabe que o crítico força as coisas. O crítico é disciplinado, muito apegado à sequência lógica dos raciocínios. Isso é perfeitamente possível fazer, ainda que a matéria prima seja um amontoado de dúvidas, que o poeta sabe que o crítico tem, mas que o crítico aprendeu a esconder, a simular uma convicção de uma certeza que não tem. O poeta vive sob a permanente suspeição por parte do crítico. O critico acha que o poeta é excessivamente impulsivo, que não liga a mínima para a sequência lógica. O poeta se dá o direito de escrever quando tem muita vontade, o crítico não. O crítico é profissional, o poeta não é.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s